sábado, 12 de maio de 2012

PROJETO: A CONSTRUÇÃO DE VALORES NA ESCOLA


Ensino Fundamental

Titulo:A construção de valores na escola
Objetivo da Pesquisa:  Analisar o processo de construção dos valores que ocorre na escola.considerando que as inúmeras mudanças na sociedade impuseram à escola e aos profissionais que nela atuam uma responsabilidade que era atribuída, numa primeira fase de construção, à família? Partindo do pressuposto de que essa rede de fatores está diretamente relacionada à queixa de que os valores estão em crise ou de que vivemos uma crise de valores, como a escola, enquanto instituição social, constituída por diferentes compreensões dos e de que valores são essenciais para garantir a adaptação do indivíduo à sociedade, está oportunizando a formação desse aluno, tanto no que se refere ao aprendizado dos conhecimentos sistematizados, quanto da constituição ética e moral? O que é necessário para que esse aluno alcance essa condição?
Referencial Teórico: Constituída por uma amostra de professores que atuam no ensino fundamental de 1ª a 4ª séries.
Metodologia: Através da análise de dados coletados através de uma investigação realizada com quarenta professores, que atuam no ensino fundamental, particularmente de 1ª a 4ª série. Como procedimento de coleta de dados, foi utilizado um questionário composto por questões abertas e fechadas e, como procedimento de análise de dados, a análise de conteúdo. Das questões que compuseram o procedimento de coleta de dados, analisaremos, nesse artigo, somente os aspectos relacionados à compreensão dos professores sobre o papel da escola e de seus profissionais no processo de construção de valores.
A escola é o espaço da diversidade, atende crianças/alunos de diferentes meios sócio-culturais, familiares, com experiências, aprendizagens, conceitos, leituras e representações de mundo, de valores, formas de julgamento e de comportamento distintos. Esses alunos não chegaram à escola como folhas em branco, abertas para receberem as marcas de uma formação moral que a escola tem para oferecer. Ao contrário, são alunos que estão em processos de formação. Anterior ao ingresso à escola, a formação da criança era predominantemente heterônoma. Nesse sentido, o primeiro grande desafio no que se refere à formação ética
Os valores que refletem a particular sensibilidade que a escola deve ter em relação a certos problemas do momento. As escolas possuem o compromisso com uma educação que estimule a autonomia dos alunos; que os oriente para o respeito a si mesmo e aos demais, para a solidariedade, para o compromisso com os mais frágeis, que os prepare para respeitar a natureza, ser sensíveis ao multiculturalismo, para fazer o que estiver ao seu alcance com a intenção de trabalhar pela paz e pela igualdade entre os povos e as pessoas.
Conclusões: Após tecer os sentidos atribuídos por professores que atuam no ensino fundamental sobre o papel da escola e de seus profissionais na construção de valores, reiteramos a posição de que a escola, enquanto instituição social e espaço de açãoreflexão , possui um papel fundamental no processo de construção e de reconstrução dos valores que norteiam o agir dos alunos. Mesmo que os professores que constituíram a amostra dessa pesquisa representem um “olhar”, uma leitura particular de uma realidade escolar determinada verificamos uma forte intenção, por parte desses profissionais, em resgatar o tema dos valores no contexto educacional.Entendemos que a escola, consciente de seu papel formativo e instrutivo, não pode trabalhar com os alunos qualquer valor e de qualquer forma. Caso contrário, o valor trabalhado poderá não se constituir como valor para eles. É importante que a escola reconheça a centralidade do tema dos valores e introduza-o como uma dimensão essencial do currículo, visando garantir ao indivíduo-cidadão1 a construção de uma relação crítica com os valores que possui e disponibilidade de reorganização e reinserção do conjunto de valores que almeja construir. Mesmo considerando a heterogeneidade de valores que regem a sociedade contemporânea, esse fato não impede que se possa delimitar um pequeno número de valores que constitua uma base ética comum, a saber: a justiça, o respeito pelo outro, a equidade, o respeito pela verdade. Tais valores, considerados valores morais universais, isto é, suscetíveis de serem aplicados a todas as pessoas, sempre, e em todas as circunstância. Além disso, como trabalhar com os valores. Possivelmente, esse tipo de intervenção mais prejudicará do que possibilitará a formação moral do aluno. Assim, estamos nos posicionando a favor de metodologias que não objetivem somente ensinar normas e regras, o que deve ou o que não deve ser feito, mas espaços educativos que valorizem o diálogo, a troca de idéias, negociações, acordos e consensos; coloquem o aluno no papel de intérprete de problemas éticos e morais surgidos na escola e fora dela.
Autor: Maria Teresa Ceron Trevisol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário